Mais um passo em direção à recomposição salarial

Voltar para Novidades

Mais um passo em direção à recomposição salarial

Servidores do Estado do Rio de Janeiro dão mais um passo em direção à recomposição salarial

Foram sete anos de muita luta pela recomposição salarial dos servidores públicos estaduais e, desde 2020, o Fórum Permanente dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (FOSPERJ) encabeça as ações e mobilizações para que ninguém seja prejudicado. Agora, o funcionalismo deu mais um passo em direção à recomposição salarial.

Hoje (11/01), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado do ano de 2021, correspondente a 10,06% de inflação.

A partir de então, caso o governador Cláudio Castro cumpra o acordo entabulado na Lei Estadual nº 9.436/21, e edite o decreto nos termos ali contidos, teremos o seguinte cenário de recomposição salarial dos atrasados: 13,06% no primeiro bimestre de 2022, 6,53% mais a inflação de 2022 no primeiro bimestre de 2023 e 6,53% mais a inflação de 2023 no primeiro bimestre de 2024, tendo em vista que o IPCA acumulado para o período abrangido pela norma é de 26,11% e a determinação legal de que às parcelas seguintes seja acrescida a recomposição das perdas inflacionárias do ano anterior.

Filie-se ao SINDSERVTCERJ.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

SOLTE SUA VOZ

Voltar para Novidades